quinta-feira, 8 de janeiro de 2009

Origem dos nomes

O registro sistemático dos nomes de família começou no século XVI por decreto da Igreja Católica, no concílio de Trento (1563). Os sobrenomes surgiram para diferenciar os nomes repetidos, fato comum desde as mais primitivas culturas. Os primeiros que se tem notícia são os patronímicos, nomes que fazem referência ao pai: Simão Filho de Jonas. Como esse método era limitado, os sobrenomes passaram também a identificar o local de nascimento: Heron de Alexandria. Os sobrenomes tornaram-se hereditários, à medida que a posse de terra era transmitida de geração em geração. O costume se ampliou com a inclusão de características físicas e geográficas, ou de nomes de profissões. Da rocha significa que o patriarca dessa família provavelmente vivia numa região rochosa. Silveira, que vem do latim Silvester - da floresta - que também originou o popular Silva.

fonte: Revista Superinteressante - Julho de 1989

Um comentário:

qbrado disse...

lindo heim bleo... carai... mto doido!!!