quarta-feira, 4 de fevereiro de 2009

O que acontecia a 22 anos atrás...

Fotografia sem filme
" O 'still vídeo' (fotografia magnética, eletrônica ou eletrográfica) é um novo sistema fotográfico que elimina o filme de rolo. As imagens são retidas em disquetes para transmissão imediata através de vídeo ou telefone.

A câmera eletrônica tem um dispositivo chamado foto-sensor CCD ("Charge-Coupled Device"), que converte a luz emitida pela imagem nos sinais elétricos gravados no disquete.

A qualidade do filme convencional ainda é superior ao registro magnético, porque mesmo o CCD mais avançado é incapaz de captar mais de 1.5 Megapixels.

Já o filme convencional, com cerca de 18 milhões de pixels, oferece maior nitidez. Mas há compensações. Além da rapidez na transmissão, o sistema still video permite alguns truques. Com a imagem na tela de um monitor de TV e um software especial, é possível, por exemplo, retirar ou incluir imagens, adicionar ou mudar cores e até copiar desenhos. "

Este texto, adaptado da revista superinteressante de novembro de 1997, mostra a evolução das máquinas fotográficas e, principalmente, da tecnologia que as envolve. Alguns pontos são interessantes:

- Filme de rolo: Será que, hoje, ele é dispensável? A fotografia digital já atende às expectativas do consumidor? (ao citar 'consumidor', refiro-me aos 'fotógrafos profissionais', porque já está claro que a máquina digital atende às expectativas do consumidor comum/amador).

- Disquetes: Extintos.

- Foto-sensor CCD: Ainda utilizados hoje, porém e claro, muito mais modernos.

- 1.5MP: Existem máquinas atuais no mercado que superam os 15 Megapixels.

- Telefone: Em 1987 ainda não existia o telefone móvel, portanto o que é abordado no texto é o telefone fixo. Estima-se que até 2012 haverá cerca de 468 milhões de assinantes de telefonia celular, só na América Latina.

- Software: Hoje você consegue fazer o download das suas fotos em qualquer máquina, sem a necessidade da utilização de um software específico.

- Edição: Na maior parte das máquinas atuais, é possível editar as fotografias na própria câmera, removendo fotos indesejáveis, recortando, adicionando gama, cor, etc.

Bem, o que mudou... mudou para melhor. E acrescento que ainda é só o começo da era tecnológica. Nós não vimos nada, nem nossos filhos verão, nem os filhos dos nossos filhos............

Nenhum comentário: